Como tudo começou

26/01/09

COLECCIONAR RÓTULOS DE HOTÉIS


Nos meados do século, quando dar a volta ao mundo ainda era, para quase toda a gente uma aventura idealizada por Júlio Verne, o cosmopolitismo dos passageiros que desembarcavam dos transatlânticos, se apeavam dos comboios expressos, ou desciam dos aviões a hélice aferia-se pela quantidade e variedade dos rótulos de hotéis, de proveniência genuína ou não, que ornamentavam as suas bagagens.

Com a explosão do fenómeno turístico e o surgimento da sociedade dos lazeres, esses dísticos foram, progressivamente, substituídos por outras ostentações e, com o desinteresse dos hoteleiros, atraídos por outras formas de publicidade, tornaram-se cada vez mais raros.

Hoje “são sobretudo testemunhos da Beleza e do requinte que marcaram os períodos áureos dos anos 20 e 30”, sublinha Carlos Sá Cardoso emérito coleccionador de rótulos de hotéis.

Quando fez a sua primeira viagem além-Pirinéus, em 1952, trouxe alguns rótulos para mais tarde recordar a Europa desses tempos. Mas só em 1960 é que se sentiu motivado para iniciar esta colecção.

Nota da autora do post: _Este, é um curto excerto, publicado há já algum tempo, na Revista do Club do Coleccionador. Ali encontrei também as fotos que aqui se mostram. Por ter achado o motivo curioso trouxe-o para os nossos leitores.
M.A.

6 comentários:

mjf disse...

Olá!
Bonito motivo de coleção...
Eu colecionava cinzeiros de hoteis ;=(
;=(

Beijocas
Boa semana

Gi disse...

Tudo serve para coleccionar.
Adoro colecções e também tenho rótulos destes.

pedro oliveira disse...

A minha mulher colecciona os produtos de higiene dos hoteis.

M disse...

Bela colecção... eu quando era pequeno coleccionava canetas, moedas e porta-chaves... agora, colecciono cabelos brancos, tenho alguns bem bonitos (eheheheh).

Rosa M. disse...

Nunca fui muito de colecções.
Quanto muito ia guardando uma coisas de que gostava (ainda hoje), para passado algum tempo as incluir numa qualquer limpeza, e... lá vão elas.
Acho que são pessoas especiais as que fazem colecções à séria.
Jinhos.

PS. só para confirmar que no caso não estavam soutiens envolvidos. E já agora diz-me: há disso para aves?

Fatima disse...

As colecções são sempre curiosas. Eu não sou coleccionadora, sou antes "ajuntadora"!

M.A. ouvi dizer que o seu baú tem uns acessórios de viagem, dignos de ser postados...
Cá os esperamos!

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização