Como tudo começou

27/03/09

Hora do Planeta

De que se trata?

É algo tão simples como desligar o interruptor.

O que começou como um movimento quase espontâneo que pretendia incentivar os habitantes de Sidney a apagar as suas luzes e despertarem para os problemas ambientais, cresceu e tornou-se numa das maiores iniciativas mundiais de luta contra as alterações climáticas.
Em 2009, às 20H30 de 28 de Março, pessoas em todo o mundo são desafiadas a apagarem as suas luzes por uma hora - a Hora do Planeta.

Pretende-se este ano que mil milhões de pessoas, em mais de 1000 cidades, se unam em torno deste movimento e com este gesto simbólico mostrem que é possível tomar medidas contra o aquecimento global.

A Hora do Planeta começou em 2007, na cidade australiana de Sidney. Nessa altura 2,2 milhões de habitações e empresas desligaram as suas luzes por uma hora. Apenas um ano mais tarde é que este evento se transformou no movimento global para a sustentabilidade que é hoje, com a participação de cerca de 100 milhões de pessoas e abrangendo 35 países.

Desde então, marcos emblemáticos mundiais, tais como a ponte Golden Gate, em São Francisco (EUA), o Coliseu de Roma, em Itália, e o painel publicitário da Coca-Cola em Times Square (Nova Iorque, EUA), ficaram às escuras, como símbolos de esperança por uma causa que se torna mais urgente a cada hora que passa.

A Hora do Planeta 2009 é um apelo global de acção a todos os cidadãos, todas as empresas e todos os Governos. Um apelo para marcar presença, assumir responsabilidade e envolver-se num esforço conjunto para um futuro sustentável.

Edifícios e marcos simbólicos, desde a Europa até às Américas, vão permanecer às escuras no dia 28 de Março. Em várias cidades do mundo, incluindo Lisboa, as pessoas vão apagar as luzes e unir-se para criar uma acção vital que se pretende que desencadeie a discussão sobre o futuro do nosso precioso planeta.

Mais de 70 países vão participar na Hora do Planeta 2009. Este número cresce diariamente à medida que as pessoas começam a entender este movimento como um acto tão simples que pode gerar tão profundamente a mudança.

A Hora do Planeta é uma mensagem de esperança e uma mensagem de acção. Cada um de nós pode fazer a diferença!

Às 20:30 do dia 28 de Março de 2009 apague as luzes e veja a diferença que pode fazer no combate ao aquecimento global; registe-se em http://www.earthhour.org/portugal e junte-se ao movimento HORA DO PLANETA.

fc

6 comentários:

Laura disse...

Olá minhas queridas, claro que tendo filhos jovens em casa e ouvintes, já tinham dito que vai ser lindo!...vai nada! Já viram meninas Fátinha e M.A (mato duas colehas duma cajada...)que se forem horas de bola ninguém deixa desligar a tv, ninguém quer ficar às escuras...ninguém dentro de si que só pensa em si, quer saber de poupar o planeta e por acaso, deveria ser feito todas as noites, já que as noites foram feitas para a escuridão (mas, nem sei onde li que a ocasião e a escuridão fazem o ladrão)assim, já estou a ver a compra de pilhas e focos aumentar sexta feira, e a ver quantos carros não foram roubados às escuras, ehhhhhhh.
Fátinha,e M.A. ontem fui a Coimbra ao reajuste e se se te derem ao trabalho de ler, ao menos podem rir um bocado sem gastar um centimo... Beijinho e abraços da laura

M.A. disse...

Todos estes gestos terão significado sem dúvida alguma.O mar é feito de gotas.

Laura:
Continuo atenta aos teus progressos. Sei que vais chegar ao top! Na música, diz-se que alguém tem "ouvido absoluto" quando é capaz de captar determinados sons que a maioria não consegue ouvir. Vais ver que serás mais uma a atingir isso!... Abraços.

Laura disse...

Querida M.A., nem penses nisso...O meu ouvido ainda vai demorar a descobrir os sons na sua maioria, e daqui a ter poder absoluto sobre os sons...ainda estou a começar na cartilha do A E I O U e mal os entendo, entendo melhor o u ou o o, o a e o e parecem de sons iguais, embora eu saiba bem que não são, mas, é o que entendo..credo, espero ter cabeça para assimilar tudo...ma sontem foi apenas o som bastante alto e a minha voz até aos céus, credo, o que me ri sozinha estrada afora..Um beijinho e obrigada pelo carinho..laura..

Fatima disse...

Eu cumpri a minha hora de apagão.
São os pequenos gestos que fazem a diferença.
Laura o teu surfista está em grande!

Fatima disse...

Eu cumpri a minha hora de apagão.
São os pequenos gestos que fazem a diferença.
Laura o teu surfista está em grande!

Fatima disse...

Eu cumpri a minha hora de apagão.
São os pequenos gestos que fazem a diferença.
Laura o teu surfista está em grande!

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização