Como tudo começou

09/04/10

CONCHAS E BÚZIOS


Há muita beleza da qual podemos desfrutar se apenas nos dispusermos a espraiar os olhos à nossa volta. Outra, apenas a ela acedem “uns tantos eleitos” que consigam ir até aos sítios onde ela se esconde:_ O fundo mar, por exemplo!
Estas considerações surgiram-nos à mente vendo este vídeo onde se mostra uma magnífica colecção de conchas e búzios.
Foi preciso haver alguém que, mergulhando nas profundezas do mar, os procurasse e recolhesse; alguém que os classificasse; alguém que os filmasse; alguém que os divulgasse…para, depois de tudo isso, ser possível ter, perante os nossos e os vossos olhos, este conjunto tão belo.


video

Confessamos não ter quaisquer conhecimentos que nos permitam entrar em campos técnicos da conquiliologia (a ciência que se dedica ao estudo das conchas) mas, se o leitor clicar aqui, já poderá dispor de mais alguma informação.
A nossa intenção foi, apenas, partilhar consigo, mais uma maravilha da Natureza.

P.S.- O nosso Rei D.Carlos de Bragança dedicou-se também aos estudos oceânicos e, recolhidos por ele, mais de 600 exemplares da fauna malacológica (relativo aos moluscos) da costa portuguesa, encontram-se expostos numa sala do Aquário Vasco da Gama, no Dafundo.

( imagem da net, vídeo recebido num e-mail)
M.A.

3 comentários:

Quica disse...

A minha predilecção por búzios e conchas,vem do tempo em que o meu avô materno tinha dois enormes búzios,colocando-os junto ao ouvido,parecia que o mar estava ali perto.

Ao ver este video, deu-me vontade de os tirar, são verdeiras obras da natureza.

No forte de Peniche vi uma exposição de conchas e búzios, muito bem apresentada.

Clotilde Moreira disse...

BÚZIO
Paredes inteiras
lisas ou imperfeitas
em mil cores,
enroscadas nos seus íntimos
à beira-mar te encontrámos
e, um a um, te enfiámos
no fio seguro de um colar.

Loucuras de meninas esquecidas
que traziam ao peito
búzios pequeninos
que a maré ia esquecendo na areia...
Clotilde

M.A. disse...

Quica:
Ainda bem que lhe demos este prazer ao mostrar esta colecção. Volte sempre.
Clotilde:
Este post foi desencantar dentro de si as tais recordações "das loucuras de menina" traduzidas neste bonito poema. Ainda bem que isso aconteceu. Parabéns por mais esta sua oferta.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização