Como tudo começou

17/07/10

CEGONHAS



Caros leitores:

Trago-vos hoje um vídeo feito com lindíssimas fotos destas simpáticas aves; desta vez , são protagonistas, aquelas que escolheram para habitar a cidade de Faro, no Algarve. Se pretenderem colher dados mais pormenorizados sobre as cegonhas convido-os a clicarem aqui.

video


Uma das nossas recordações ligadas às cegonhas faz-nos recuar bastantes anos atrás:

Chegáramos a Cáceres, em Espanha e aí iríamos pernoitar. Após o jantar, passeavamos pela parte velha da cidade, desfrutando de uma temperatura amena e de um luar indescritível. O recorte do cimo dos edifícios destacava-se com muita nitidez, devido ao luar que já referi e, dado que nesta cidade os ninhos de cegonhas são mais que muitos, era-nos fácil ir dando conta de muitas cenas giras, como se calcula.
De repente, sob a batuta não sei de que invisível maestro, começou a ouvir-se um som ensurdecedor, semelhante ao de matracas. Esse ruído, sei hoje que se denomina gloterar e é feito com o rápido bater dos bicos, uma vez que as cegonhas, não tendo faringe, estão inibidas de produzir outro qualquer som.
A noite já ia bastante adiantada. Imaginamos, portanto, o incómodo de quem, habitando pelas redondezas e se encontrando já a dormir, nesta altura, (como, possivelmente em outras anteriores!) sentiria o entrar pelos seus ouvidos de um tal “ concerto de centenas de castanholas”!...

(Foto de Pedro Martins. Vídeo recebido num mail)
M.A.

2 comentários:

maria tereza disse...

..PARABENS!!! por este belo trabalho de informaçao sobre as cegonhas....

Quica disse...

As cegonhas dão um exemplo de como criar os seus filhotes.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização