Como tudo começou

18/02/08

CONVIDO A CONHECER:

A MAQUETTE EM GESSO DO BUSTO OFICIAL DA REPÚBLICA

Ao ir ver uma exposição que está no Centro Cultural Casapiano, em Belém, deparei, às tantas, na galeria já perto da Biblioteca, com um busto de grande dimensão, da figura da "República". A legenda que o identifica diz que é este o considerado como Oficial.

Após aberto o concurso, em 1911, sabe-se que vários artistas escultores concorreram mas, o 1º Prémio foi atribuído a Francisco dos Santos, nome que figura, também na legenda atrás referida.

Na pesquisa que fiz soube, que o Busto em bronze, executado a partir desta maquette, está, colocado em lugar de honra, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Lisboa.

Dado que comecei por falar, em primeiro lugar, nesta escultura, injusto seria, da minha parte, não acrescentar duas palavrinhas, ainda que muito simples, referentes ao seu autor:
Nasceu Francisco dos Santos, numa família bastante humilde, em 22 de Outubro de 1878. Ainda criança, morreu-lhe o pai e dadas as carências monetárias, a mãe viu-se obrigada a colocá-lo na Casa Pia. Aí estudou e revelou bastante precocemente a sua veia artística. Graças à orientação do Provedor, Francisco Simões Margiochi que na altura, ali exercia funções permitindo que os alunos pudessem seguir os cursos superiores que mais lhe conviessem, Francisco dos Santos foi para a Escola de Belas Artes onde se revelou um aluno brilhante. Ganhou uma Bolsa de estudos que o levou até Paris. Mais tarde foi também estudar para Roma. Conseguiu, sempre com muito esforço, dado que os meios materiais foram sempre muito reduzidos, ir valorizando os conhecimentos; percurso de vida afinal comum a maioria dos artistas que conhecemos! Regressou a Portugal em 1909, já com a família que entretanto formara. Trabalhando intensamente consegue, a partir daqui, adquirir mesmo alguma prosperidade. Sabe-se que trabalhou até ao dia da sua morte, que ocorreu no dia 27 de Abril de 1930, tendo ele apenas 52 anos.

Além destes, outros apareceram de certa envergadura, tanto neste concurso como noutros que se realizaram. Teixeira Lopes tem também um Busto da República que se encontra na Câmara Municipal do Porto.

M.A.

(Elementos colhidos num artigo de Carlos Enes, Ilustração Portuguesa e Lello Universal)

1 comentário:

Fatima disse...

Estive Sábado passado no Centro Cultural Casapiano e observei bem de perto este trabalho.
Recomendo vivamente a visita.
Obrigada pela ideia, Amélia

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização