Como tudo começou

18/02/08

Hoje acordámos ao som da tempestade

3 da manhã....!!!! A madrugada tempestuosa fazia adivinhar um dia nada calmo!
Chuva, muita chuva, ...trovoada,..... tudo contribuíu para que se instalasse o caos em Lisboa (cidade) e arredores.
Algumas zonas de Cascais e Oeiras ficaram sem energia durante horas e horas....
No momento de se iniciar a habitual azáfama de ir para o trabalho, viam-se filas de trânsito infindáveis, pessoas que aguardavam já de forma desesperada o meio de transporte que teimava em não chegar! À medida que o dia avança as imagens que temos pela frente são de desolação: Muitas habitações, lojas, fábricas inundadas, pessoas aflitas, vidas perdidas, haveres afogados em lama, estradas cortadas por todo o lado, um caos autêntico.
A todos os que de uma ou outra forma, sofreram e sofrem com este verdadeiro dilúvio de hoje, o meu abraço de solidariedade.
As imagens que publico de seguida, foram tiradas por mim na zona da Abóboda - S Domingos de Rana (Cascais)

A Ribeira não aguentou tanta água e transbordou para a estrada......

As estradas transformaram-se em autênticos rios......
Ao meio - dia ainda a estrada nacional 249-4 estava neste estado.....
FC

3 comentários:

Gione disse...

Eeeeeeeeeeeeeeeeee eeeeeeeeeeeeuuuu nnnnnnããããoooooo
ssssssssseeeeeeeiiiii?
Até a chuva, meu Deus, é portuguesa: chega tarde e a más horas e nunca faz nada certo!

M.A.R. disse...

Pese embora todo o prejuizo que a chuva, caindo em demasia cause, a verdade é que a nossa agricultura também já se ressentia pela falta dela.
m.a.r.

pensamentosametro disse...

É como diz a Gi, tarde a más horas e de qualquer maneira. È uma chuva portuguesa concerteza, é concerteza uma chuva portuguesa...

Bjos

Tita

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização