Como tudo começou

15/09/08

ARTE POPULAR TAMBÉM TEM "PIETÀS"


A palavra “Pietà” transporta-nos, de imediato, para algumas esculturas famosas italianas que lá, ao vivo, ou, simplesmente na estampa de um livro de arte qualquer, um dia chamaram a nossa atenção. Mas a verdade é que a história sagrada, onde se fala do drama da morte de Jesus e da dor de sua Santa Mãe, inspiraram também artistas que, não tendo nunca frequentado nenhuma escola, souberam, mesmo assim, executar peças sob o mesmo tema. Hoje falar-vos-ei de duas “Pietàs” que encontrei. Que me perdoem, desde já, tantos outros artistas do género, que desconheço e que mereceriam igual referência. Continuarei a procurá-los, com vista a uma menção futura, mais alargada, de peças relativas ao tema.



Enquanto colhia dados, no sentido de escrever o post relativo às “Pietàs de Michellangelo”, caiu-me sob os olhos esta curiosa foto de uma outra “Pietà”, que se encontra entre nós, no Centro Cultural Raiano, em Idanha a Nova. Trata-se duma obra de sabor popular, como facilmente se depreende e cuja data não está indicada. É feita talvez em barro, o seu autor é desconhecido e, pela ingenuidade de formas e técnica pouco apurada, entendi que faria contraponto com as do famoso artista italiano, sendo portanto interessante mostrá-la aos leitores.


A seguir, folheando uma biografia de José Franco, o conhecido barrista do Sobreiro, Mafra, encontrei esta outra enternecedora “Pietá”, a que nem sequer falta o pormenor do lenço, na mão da Virgem, para enxugar as lágrimas pelo Filho morto que repousa no seu regaço. Esta, é uma peça de 25 cm. que ele fez em 1983. Chamo a vossa atenção para o semblante entristecido que o artista popular conseguiu imprimir a esta Mãe e o ar desfalecido, exangue, de Jesus. É para mim arte no seu estado mais puro, onde o artista se “entranha, ele mesmo” no barro que trabalhou.
Saber transmitir nas suas obras, os diferentes sentimentos, amor, raiva, alegria, dor… é efectivamente um dom nato que José Franco possui. Voltarei, num futuro próximo, para falar dele de forma mais abrangente.

P.S.- A palavra italiana “Pietà” podemos traduzi-la como "Piedade". Preferi deixá-la no original por estar já bastante divulgada entre nós.

M.A.

3 comentários:

Thunderlady disse...

E eu, grande vergonha a minha, desconhecia este termo!

Bj

francisca disse...

Conheço algumas peças feitas por José Franco. Todas são magnificas.

Fatima disse...

As "Pietàs" são lindas.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização