Como tudo começou

02/09/08

D.CARLOS I, O REI PINTOR



Hoje venho falar-vos de D.Carlos I, o 33 º rei e o penúltimo que teve Portugal. Era filho de D. Luís I e de D. Maria Pia de Sabóia e nasceu em 28 de Setembro de 1863. Por morte de seu pai, subiu ao trono em 19 de Outubro de 1889, onde se manteve até 1 de Fevereiro de 1908, dia em que, no Terreiro do Paço foi assassinado a tiro. Com ele morreu também o príncipe herdeiro D Luís Filipe.
Este monarca foi casado com D. Amélia de Orleães de quem já falamos aqui em 28/8 passado.
Este, foi um reinado um tanto agitado e bastante contestado. Logo no seu início gerou-se grande mal-estar com a prepotente exigência da Inglaterra para que Portugal renunciasse ao Mapa-cor de-rosa, nome dado a um projecto de aproveitamento das explorações portuguesas no interior do Continente africano e que fariam a ligação de Angola a Moçambique. Portugal cedeu a essa imposição o que desagradou a muita gente. Entretanto começaram a crescer mais descontentamentos tanto à actuação, como aos gastos excessivos do rei e, especialmente na fase final do reinado, mais se iam fazendo sentir os ventos que deixavam adivinhar já a mudança de regime. Tudo isto vem a culminar com o Regicídio.
Seguiu-se um curto reinado de seu filho D. Manuel II. A Implantação da República acabaria por acontecer em 5 de Outubro de 1910.
Ainda hoje se discutem alguns dos factos ocorridos nesta época, considerando uns que, por mau aconselhamento de João Franco, o 1º Ministro na altura, a actuação do rei nem sempre foi a melhor, argumentando outros que ele não tinha alternativas, dado os tempos conturbados que se viviam. Deixo o aprofundar deste assunto, sem dúvida interessante, para outros mais entendidos em assuntos políticos.

A educação deste rei foi bastante completa. Teve bons mestres, viajou bastante, conviveu com gente influente, era o que se pode afirmar, uma pessoa culta. Tinha um gosto especial por tudo que dissesse respeito ao mar, utilizando o iate que tinha para fazer diversas pesquisas. Deixou mesmo alguns trabalhos escritos sobre o assunto. Foi por sua iniciativa que se criou também o 1º Laboratório português de biologia marítima.
Era um caçador apaixonado, ao que dizem, com uma pontaria notável. Passava várias temporadas no palácio ducal de Vila Viçosa precisamente pelo prazer das caçadas na tapada. Estas estadas no Alentejo eram também aproveitadas para pintar.
É que D. Carlos, que começou por ter lições com Mestre Fonseca e, depois com Miguel Ângelo Lúpi e Henrique Casanova, viria a revelar-se um artista de certo mérito, no desenho, na pinturas a óleo, e aguarela e também nos trabalhos com pastel. Foi executado nesta última técnica o quadro que abre o presente post. Este magnífico sobreiro alentejano (177m.x0,91m.) é uma das suas obras mais divulgadas.
Igualmente as suas aguarelas marítimas revelam boa técnica e sensibilidade artística.


Fica aqui uma amostra de obras suas e, muitas mais, os leitores irão descobrir, em visitas que façam aos Palácios da Ajuda, Vila Viçosa, Pena e vários outros onde se encontram expostas, muitas das pinturas do rei D. Carlos.
Fecharei este apontamento dizendo que, junto à Cidadela, em Cascais, foi inaugurada em 1/2/2008 uma estátua em bronze, da autoria do escultor Luís Valadares, .homenageando este rei.


Sobreiro,retrato de senhora e perfil de ancião - Pastel sobre cartão

Vultos de mulheres, Paisagem marinha e Veleiro - Aguarela sobre papel
M.A.

6 comentários:

pedro oliveira disse...

Devido à série que deu na TV conhecia a história deste nosso Rei não conhecia era as pinturas.Gostei.

Fatima disse...

O nosso Rei tinha jeito para a pincelada!

f@ disse...

E uma das pinturas que eu mais gosto é o sobreiro assim exatamente como ele o pintou... gostei imenso..
beijinhos das nuvens

francisca disse...

Nunca vi quadros do Rei D. Carlos, mas pelas fotos, são pinturas muito bonitas. Como rei foi fácil ter acesso aos grandes mestres, mas o dom de artista nasceu com ele.

Anónimo disse...

tb acho!

Lilia Almeida Pinto disse...

Já vi alguns quadros do Rei D.Carlos.Magníficos.Assim como a sua bisneta ilegítima.Eu....
Lília Almeida Pinto

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização