Como tudo começou

17/09/08

Ferro de engomar ... outro modelo


Reparem bem no pormenor deste ferro de engomar....a portinhola por onde se introduz o carvão....!
Magnífico. não é?

Há uma certa menina que o utilizou muito, não é Amélia?

Obrigada pela foto

Os nossos visitantes vão gostar de conhecer este exemplar.......
fc

7 comentários:

Laura disse...

Ahhh, a minha mãe tinha já dos eléctricos, mas em casa da minha avó era daqueles mais altos que se abriam e deitava-se brasas lá pa dentro e fiquei com uma cicatriz quando passei rente à minha barriga e até senti a carne assar..arre...mas a roupa ficava bem passada, tal e qual como ferro eléctrico. Beijinhos.

M.A. disse...

Fátima:
Atenção, que não sou tão antiga quanto isso! Estas "velharias" pertencem-me, sim, mas, nunca foram usadas por mim. Penso que eram uma versão mais sofisticada dos chamados "ferros de cunha", (o da foto com que abre o seu post)e usados pelos alfaiates e modistas para abrir costuras. Os primitivos eram de ferro macisso, punham-se sobre as brasas de um fogareiro de onde se retiravam , eram limpos e depois usados. Estes outros,ocos, feitos em metal amarelo,com as brasas dentro já permitiam então um trabalho mais limpo.Em Barcelona, na "Casa Milá", de Gaudi, no andar que se mostra mobilado, havia no quarto dos engomados, um fogareiro de forma cilíndrica, a gás onde estavam encostados, à roda da chama central, vários "ferros de cunha".Quem engomava, iria usando, à vez, cada um deles e substituia-os à medida que iam arrefecendo, claro.Nunca tinha visto tal objecto mas pareceu-me que estava bem pensado, sem dúvida.

francisca disse...

O ferro de engomar dos anos 40, davam uma grande trabalheira às donas de casa. Os ferros dos nossos dias,são muito mais práticos.
Há também as máquinas de engomar, só é pena serem tão caras.

Fatima disse...

Minhas senhoras e meus senhores,está aberto o debate sobre os ferros de engomar.
Já viram o que a Amélia sabe disto?
Estava eu a querer pô-la a passar a ferro com estas relíquias.....
Venham de lá esse conhecimentos e essas opiniões!

M.A. disse...

Ao reler o comentário anterior reparei que deixei lá um erro ortográfico. Escrevi "macisso" quando deveria ter escrito "maciço". Desculpem-me a falta e não me obriguem, por castigo, a escrever cem vezes a palavra certa...

Ana Oliveira disse...

Saudades de ouvir o chiar do ferro quando o dedo ensalivado lhe tocava para ver a temperatura...coisas de casa de avó

Admin disse...

Muito interessante este Ferro de Engomar. Mas ainda bem que existem os electricos, caso contrario ía queimar muita roupa, quando as brasas caíssem....

Lembro de ver minha avózinha ainda a passar a ferro com brasas para dentro do ferro, embora maior que este, mas saiam faiscas e cinza e demorava pouco tempo quente! Enfim, eram outros tempos.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização