Como tudo começou

15/05/09

Mãe




Que mulher é essa?
Que mulher é essa
que não se cansa nunca,
que não reclama nada
que disfarça a dor?
Que mulher é essa
que contribui com tudo,
que distribui afeto,
tira espinhos do amor!
Que mulher é essa
de palavras leves,
coração aberto,
pronta a perdoar?
Que mulher é essa?
que sai do palco,
ao terminar a peça,
sem chorar!
Essa mulher existe,
sua doçura resiste,
às dores da ingratidão,
resiste à saudade imensa,
resiste ao trabalho forçado,
resiste aos caminhos do não!
Essa mulher é MÃE,
linda, como todas são.



de Ivone Boechat


fc

6 comentários:

mjf disse...

Olá!
Lindo...
:=)
Mãe é isso mesmo.
:=)

Beijocas

Quica disse...

Mãe na realidade é isso tudo, que bom ser mãe, nem damos pelos sacrifícios porque passamos, desde a nascença dos nossos filhos até deixarmos de entender o que vai no mundo.

M.A. disse...

Mãe, é um tema sempre aproveitado e que até ao fim cos tempos nunca se esgotará. Bem escolhida a imagem que acompanha o poema. Parabéns à sua autora.

EmmaTheias disse...

ai que bonito!!!
mãe é "emprego" a tempo inteiro, pela vida toda!!!

Lurdes disse...

Mãe, todos os comentários para quê? os sacrificios são simplesmente esquecidos!

maria tereza disse...

obrigado FATIMA..agora kando entrei fikei a ko!!!!!!+++obrigado mil bjos

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização