Como tudo começou

22/07/09

RECORDAÇÕES FERROVIÁRIAS

video

(Queira clicar na seta do canto inf. esqº. para iniciar o vídeo)

Penso que todos nós temos associado ao nosso tempo de criança, ou de juventude, uma viagem de comboio particularmente agradável, quem sabe se, até, em algum daqueles comboios ainda puxados pelas locomotivas a carvão, cujas faúlhas, voando, entravam pelas janelas e nos deixavam na roupa inúmeros pontinhos enfarruscados.

Também, uma vez por outra, determinada estação do caminho de ferro nos vem à memória. Algumas tinham lindos jardins, bastantes floridos! Chegou mesmo a haver um concurso em que eram premiadas as estações cujos jardins se mostrassem mais bem cuidadas.

Os comboios, como todos os outros meios de transporte sofreram evolução ao longo dos tempos. As suas carruagens ficaram cada vez mais confortáveis e com formas mais aerodinâmicas e, a velocidade foi-se tornando cada vez maior, encurtando assim as distâncias e fazendo-nos chegar mais cedo aos destinos pretendidos.

Tudo isto me trouxe à ideia o vídeo que hoje vos trago, onde, nuns breves, minutos se faz uma retrospectiva de alguns comboios e estações de outros tempos. É acompanhado com música popular portuguesa.
Espero que este conjunto de imagens vos desperte, mais uma vez, o tal sorriso com um certo cheirinho a saudade.

M.A.

3 comentários:

pedro oliveira disse...

Como estou de partida para férias,venho desejar umas óptimas férias ao pessoal da SIMECQ.
abraço

M.A. disse...

Ao pedro oliveira agradecemos o cumprimento de despedida e desejamos-lhe umas óptimas férias. Ficaremos a aguardar o seu regresso e as suas visitas ao blogue.

Quica disse...

Então não me lembro?...
A estação de Campolide, foi a que mais utilizei.
O túnel do Rossio, também era um percurso diário, com a fumarada a entrar pelas janelas.
Na minha estrada de vida, assisti a toda a evolução deste meio de transporte.
Agora falta o mais polémico, TGV.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização