Como tudo começou

23/10/09

DE NOVO NO PORTO


Convido uma vez mais os nossos leitores a virem até ao Porto e, de novo, a darem uma volta pela Ribeira.
Sempre bonita, sempre colorida, fervilhante de vida, quer no rio quer em terra, hoje é, sobretudo, um local da cidade, dos mais frequentado pelos turistas. Mas restam ainda por lá bastantes sinais que nos transportam até tempos idos.


video


Neste vídeo podemos ver alguns, por exemplo, o “Postigo do Carvão”:
_Das 18 portas e postigos construídos, no Sec. XIV, nas Muralhas Fernandinas, em redor da cidade do Porto este, é o único que chegou até aos nossos dias. Era por aqui que era feita a ligação da Rua da Fonte Taurina ao cais onde atracavam os barcos.

Também podemos ver os dois pilares da antiga Ponte Pênsil D. Maria II, último vestígio desta ponte suspensa, iniciada em Maio de 1841, para comemorar o aniversário da coroação da rainha com o mesmo nome. Esta ponte substituiu a anterior, denominada das Barcas (a) destinada, igualmente, a fazer a ligação entre as duas margens do rio. Manteve-se em funcionamento cerca de 45 anos, vindo a ser desmontada já no ano de 1887, depois de concluída ao seu lado, a construção, da Ponte D. Luís I.
Actualmente apenas restam estes pilares e as ruínas da casa da guarda militar que assegurava a ordem e o regulamento da ponte, assim como as portagens que se cobravam a quem nela queria passar.

(a) - Esta ponte ficou na história pelo desastre que ali ocorreu na altura das Invasões Francesas e no qual morreram, no dia 29 de Março de 1809 quatro mil pessoas. Já tratamos este tema, em 27/07/2008, num post que poderá rever clicando aqui.
(Foto do barco rabelo da autora do post. Vídeo recebido num e-mail)

Até breve, leitores.
M.A.

3 comentários:

Júlio disse...

Agora que a zona in à noite é pelos clérigos, um destes dias fomos revisitar a noite da ribeira, eu e uns amigos... Sabe sempre bem. E de dia também.

Quica disse...

Ao ver estas imagens acompanhadas do belo fado da diva Amália,fiquei encantada.
M.A. Parabéns pela reportagem!

M.A. disse...

Júlio e Quica:
Obrigada pela visita. Já deu para perceber que eu também gosto muito da Ribeira do Porto, não será?

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização