Como tudo começou

01/12/09

RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA


Na imagem que abre o nosso post de hoje vê-se o Obelisco dos Restauradores, em Lisboa, inaugurado em 1886 sob projecto de António Tomás da Fonseca . Tem 30 m de altura e, as duas figuras de bronze que nele figuram, simbolizam o génio da Liberdade e o génio da Independência. Ele perpetua a memória da Revolução de 1640, quando um grupo de valentes portugueses de insurgiu contra a unificação das coroas de Espanha e Portugal, iniciada em 1580. São passados 369 anos mas, nunca é demais lembrar este importante acontecimento da nossa Historia . Se o quiser recordar poderá mesmo clicar aqui.

A outra imagem, cópia de uma gravura da época, mostra-nos alguns episódios da Restauração:
A- Morte de Miguel de Vasconcelos. B, C e D, respectivamente, Aclamação, Juramento e Coroação de D. João IV, que aparece também no medalhão central.
Finalmente mostramos a cópia de uma miniatura de D. Luísa de Gusmão, mulher de D.João IV, que se destacou também de forma preponderante neste processo. A ela se atribui a frase: “Antes morrer reinando do que acabar servindo”, como forma de encorajamento num momento em que sentiu alguma hesitação no marido, ainda Duque de Bragança, numa das reuniões preparatórias para a Revolução. Igualmente se diz que foi ela própria a armar os seu filhos cavaleiros para se juntarem aos outros fidalgos. Mais tarde, em 1560, já viúva, assumiu com coragem e acerto a regência do Reino durante a menoridade do filho, futuro D. Afonso VI. Parece-nos pois justo salientar também esta figura de Mulher na data que hoje se celebra.

(Imagem do Obelisco, do livro Lisboa, de J.V Adragão e Natália P.R. Rasquilho. Imagem da gravura e miniatura de D.,Luísa de Gusmão da História de Portugal de J. Veríssimo Serrão)
M.A.

Sem comentários:

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização