Como tudo começou

31/03/10

QUER APRENDER A CONSERTAR O MUNDO?


Caiu sob os meus olhos, há tempos, um texto que achei muito curioso e da memória que ficou vou tentar contá-lo aos leitores.

Determinado estudioso vivia preocupado com tudo quanto se ia passando no mundo e reflectia na forma de solucionar todos os problemas de forma que assim, as pessoas passassem a viver mais felizes.
Um dia, estava ele embrenhado nos seus estudos e reflexões, quando entrou no seu gabinete o seu filho pequeno pedindo que lhe desse um pouco de atenção. A forma que este pai descobriu para manter o filho ocupado e, deste modo, deixá-lo continuar a trabalhar foi bastante imaginativa.

Pegou numa revista que por ali estava, folheou-a e, ao encontrar impresso numa página um mapa-mundo resolveu separá-lo em pedaços com uma tesoura e pedir ao garoto que voltasse a agrupar os recortes de papel, colando-os com fita adesiva. Pensou ter obtido um período mais ou menos longo sem que o filho o interrompesse mas, a verdade, é que se enganou. Pouco depois o miúdo entregava-lhe o mapa perfeitamente reconstruído, sem engano algum e, até acrescentando: Pronto, já aqui tens o mundo consertado!
O pai, ficou admirado, com a pronta capacidade da criança em colar tudo nos sítios certos uma vez que ela era ainda muito pequenina.

Na conversa que entre os dois se seguiu, a explicação veio simples:
_Olha papá, no princípio eu não sabia como consertar o mundo mas, lembrei-me que, quando estavas a cortá-lo com a tesoura, do outro lado da folha da revista havia um carro desenhado. Assim, voltei todos os bocadinhos ao contrário e , como um carro eu sabia como era, colei-os direitinhos. Depois, foi só voltar de novo a folha e percebi que já aprendera a consertar o mundo. E olha que, afinal, nem foi nada difícil!

Portanto, leitores, é só fazer o mesmo...
(Imagem recebida num mail )
M.A.

3 comentários:

Brancamar disse...

Muito interesante a lição para os adultos, que passam a vida a desconsertar o mundo.

Às vezes é preciso ver o avesso das coisas para aprender a consertá-las e é tão simples, a maior parte das vezes somos nós que complicamos - basta que tudo se faça com amor.
Beijos
Branca

Quica disse...

As crianças ensinam-nos muitas coisas. Estou sempre aprender.

Uma Páscoa Feliz.

M.A. disse...

Brancamar e Quica:
Pois é, os adultos passam bastante tempo a desconsertar o mundo e o problema é que dando tão mau exemplo aos mais pequenos, não sei se ainda sobrará alguém que consiga mesmo consertá-lo ou, pelo menos que tente fazê-lo!
Cada vez vou tendo menos esperança nisso

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização