Como tudo começou

29/03/10

UM DOCE DE PÁSCOA


Para o Dia de Páscoa, se temos crianças em casa, vamos lá a pensar fazer-lhes uma surpresa com pintainhos como os da imagem, a saírem de dentro da casca do ovo!
Como estes pintainhos são comestíveis e doces, acreditamos que a miudagem lhes irá achar graça.

Ingredientes:

Leite 1 decilitro
Coco ralado 5 colh. das de sopa e + um pouco para revestir os pintainhos
Leite condensado 1 lata
Farinha maizena 2 colh. das de sopa, bem cheias
Margarina 1 colh. das de sopa
Gema de ovo 1
Cravinhos da Índia; papel plissado das formas de queques; flanela ou papel encarnado; cascas de ovos lavadas e secas; palitos.

Desfaz-se a maizena no leite, junta-se o coco, o leite condensado e a margarina derretida. Leva-se ao lume a engrossar, mexendo sempre. Coloque a gema e deixe só mais um minuto no lume para a cozer.
Espera-se que arrefeça e coloca-se a mistura ainda algum tempo no frigorífico.

Moldam-se bolinhas de dois tamanhos que se rolam em coco ralado. Nas bolas maiores, damos o jeito das asas e também do rabinho, para formar o corpo dos pintos. Nas mais pequeninas vamos espetar dois cravinhos para imitar os olhos e fazer o bico com um pequeno losango de flanela ou papel encarnado, dobrado a meio. Une-se corpo e cabeça com o auxílio de um palito e metem-se os pintos numa meia casca de ovo. Se gostar, pode até usar cascas pintadas com purpurina. Aproveitando a parte plissada de uma forma de papel (das dos queques) faz-se um leque para o rabinho e uma crista para a cabeça dos pintos. Coloque-os de novo do frigorífico até à hora de irem ser servidos.

Use estes pintainhos como enfeite de um bolo, ou, dada a quadra em que estamos, por exemplo, a marcar o lugar das vossas crianças, na mesa do almoço de Páscoa. Se entenderem, digam depois se resultou

Nota importante - Não esquecer retirar o palito e demais elementos não comestíveis, antes das crianças comerem os doces.
M.A.

6 comentários:

Zé disse...

Acho tão efémera esta arte que, confesso, ainda ninguém teve coragem para comer os pintaínhos... :))

Quica disse...

Boa! Vou tentar fazer com o meu neto, apesar de não gostar de doces, entretem-se muito a fazer biscoitos.

Zé disse...

Como epílogo deste post posso acrescentar que foi o neto da autora que, no seu 18º aniversário, pediu: "Ó Avó, podias fazer aqueles pintaínhos que fizeste nas minhas festas de pequenino..."... e a Avó fez, claro!

Brancamar disse...

Muito interessante! Obrigada pela receita e pela partilha.
Feliz Páscoa.
Beijos
Branca

M.A. disse...

Zé, Quica e Brancamar:
Obrigada pela visita e pelas palavras deixadas. Avó, para mim, continua a ser um cargo vitalício!

EmmaTheias disse...

A ternura do post, dos pintainhos e dos comentários... junto ao belo dia de sol que hoje faz, sinto-me feliz!
obrigada uma vez mais!!!

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização