Como tudo começou

26/05/10

PONTE DA ARRÁBIDA - PORTO

A Ponte da Arrábida foi a segunda das pontes rodoviárias construídas no Porto, como ligação para a zona de Vila Nova de Gaia. Das seis que ali existem duas delas destinaram-se ao tráfego ferroviário, a de D. Maria Pia (1876), agora já desactivada e que foi substituída pela de S. João, inaugurada em 24 de Junho de 1991.

Quanto às rodoviárias, a primeira foi a de D. Luís I, começada em 1881, depois veio a da Arrábida, inaugurada em 22-5-1963, a seguir a do Freixo, inaugurada em 1995 e finalmente a do Infante D. Henrique, inaugurada em 2003.

Mas, se hoje estamos a destacar a da Arrábida é porque vos queremos mostrar algumas fotografias feitas durante a sua construção. Se acaso algum dos leitores quiser saber mais dados sobre esta ponte é favor clicar aqui. Esperemos que gostem deste post e até breve.
M.A

6 comentários:

mjf disse...

Olá!
Fazes um bom serviço publico :=))

Obrigada

Beijocas

Gastão de Brito e Silva disse...

Este momento foi sem dúvida um marco na história da engenharia portuguesa... é talvez a obra mais emblemática de Edgar Cardoso...

Brancamar disse...

Gostei tanto de recordar algo que fui assistindo ao vivo, ainda miúda com 8/9 anos, - a construção da Ponte da Arrábida, pelo entusiasmo que despertou e mais ainda porque tinha um familiar ligado à obra - o meu avô materno.
É das pontes mais bonitas que conheço pela elegância do seu arco, na altura
o maior arco em betão armado de qualquer ponte no mundo.


Deixo beijinhos
Branca

M.A. disse...

mjf:
Procuramos diversificar os temas e publicar aquilo que nos pareça ter que algum interesse.

Gastão de Brito e Silva:
O Engº. Edgar Cardoso foi um nome ímpar na Engenharia portuguesa.

Brancamar:
Deixei num dos seus blogs umas palavrinhas.

A todos, os nossos agradecimentos pela visita e voltem sempre que queiram.

Júlio disse...

Caramba... muito obrigado, nunca me tinha passado pela cabeça procurar fotos da construção desta ponte. E dar com elas aqui sem pedir soube ainda melhor. Tenho várias páginas em papel, perdidas algures sobre este senhor e as suas pontes, que admiro já há bastante tempo...
Obrigado.

M.A. disse...

Júlio:
Apetece-nos responder:
Caramba...não tem nada que agradecer e ainda bem que encontrou aqui no blog algo de que gostou!
Partilhamos da mesma admiração pelo Eng. Edgar Cardoso e suas pontes.
Temos em preparação mais um post sobre o Porto, com um tema que julgamos ser interessante também. Volte sempre.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização