Como tudo começou

07/12/10

AMIZADE TAMBÉM É ISTO


Nunca me canso de apreciar o comportamento dos animais na convivência entre si e, quando, tantas vezes, a sua irracionalidade se equipara (ou até ultrapassa) a dita racionalidade dos humanos, fico logo desejosa, como agora, de partilhar convosco os exemplos que chegam.
Desde já vou também confessar-vos determinado segredo:_ Sou uma fã incondicional de macacos e basta surgir na TV um filme onde eles apareçam que logo fico colada ao ecran. Podem ter membros desproporcionados, serem desengonçados no andar e feios de focinho mas ninguém lhes negue inteligência, sagacidade e um certo jeito de “enfant terrible”, sempre prontos a pregar uma partidinha a quem lhes passe por perto. Depois das malandrices feitas, geralmente, rematam-nas com esgares cómicos e gargalhadas contínuas. Digamos que fazem a festa, deitam os foguetes e apanham as canas!
Mas, quando toca a transmitir ternura que bem o fazem também . Por experiência própria o sei já que , há muitos anos atrás, tivemos em nossa casa um pequeno saguim. Guardo muitas recordações e, talvez um dia, fale dele num post.

video


Mas, veio isto a propósito do vídeo que hoje trago e que, no original em francês, tem o título “Belíssimas imagens de uma grande amizade”.
Não sei onde isto se passa porque não encontrei nenhuma informação.
Nas primeiras imagens explicam que o orangotango estava de moral abatida o que eu traduzi como sofrendo de uma depressão. Quanto ao cão referem que terá chegado em bastante mau estado e que, de imediato, o orangotango passou a acompanhá-lo dia e noite até que ele melhorou, dando assim, ao orangotango, uma razão para viver. Deste modo se tornaram amigos, convivendo da forma que as imagens mostram. É notória, para todos nós, a ligação ternurenta que se sente entre ambos mas, julgo não me enganar também quando digo que o orangotango não abdicou da sua condição de protector do cão! É bom que haja sempre alguém que saiba mandar e quem obedeça…
O vídeo termina com a significativa frase, com a qual, penso, concordaremos todos, de que esta é realmente a verdadeira amizade, da qual os animais nos dão constantemente boas lições.
Espero que tenham gostado de mais uma história com animais.
(Recebido num e-mail)
M.A.

4 comentários:

Quica disse...

Que belo começo de dia. Adorei.

Zé disse...

Tive a felicidade de nascer/crescer no meio de bichos e não me chamo Mogli nem fui uma criança negligenciada!!! Ensinaram-me a amar e respeitar os animais e hoje, isso faz de mim uma pessoa mais feliz!!
Parabéns pelo post! Beijoca.

M.A. disse...

Quica:
Que bom ter-lhe mostrado isto para o dia começar melhor. Não se esqueça de mostrar o vídeo ao Francisco...

M.A. disse...

Zé:
Também estou de acordo que a forma como a tua infância decorreu contribuiu e ajudou bastante a seres a mulher que hoje és.
Sei que posso estar a criar certa confusão na cabeça de quem possa lêr isto mas, quase me atrevo a dizer que na Farrapa viviam mais seres com patas do que com pés, não concordas?

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização