Como tudo começou

14/04/12

AS TRES PENEIRAS OU UMA QUESTÃO DE BOM SENSO


João, rapaz novo e ainda um pouco inconsciente, entrou num novo emprego e, no final do dia o seu chefe passando junto dele parou para colher dele algumas impressões. Depois de um curto tempo de conversa, João, para se “insinuar” junto do chefe saiu-se com esta:
- Chefe, o senhor nem imagina o que me contaram a respeito do Silva. Disseram-me que ele…
Nem chegou a terminar a frase porque, o chefe chefe, pessoa sensata e bem formada interrompeu-o dizendo::
-Espere um pouco, João. O que me vai me contar já passou pelo crivo das Três Peneiras?
- Peneiras? Que Peneiras, Chefe?
- A primeira, João, é a da VERDADE. Você tem a certeza de que esse facto é absolutamente verdadeiro?
Um certo embaraço do João que acabou por dizer:
- Não. Não tenho, não. O que sei foi o que me contaram, mas eu acho que…
E, novamente, João é interrompido pelo chefe:
- Então esta sua história já vazou a primeira peneira.Vamos então para a segunda peneira que é a da BONDADE.
_Gostaria que o que me vai contar, os outros também dissessem a seu respeito?
- Claro que não! Deus me livre, Chefe! Responde João apressadamente.
- Então, - continua o chefe – a sua história vazou já a segunda peneira. Vamos lá ver o que acontece com a terceira peneira, que é a da NECESSIDADE. Você acha mesmo necessário contar-me esse facto ou prefere agora passá-lo adiante?
- Bom… chefe. Pensando desta forma, vi que não sobrou nada do que eu tinha para contar respondeuo João um tanto encabulado..
-Pois é João ! Já pensou como as pessoas seriam mais felizes se todos usassem essas peneiras?- diz o chefe sorrindo. E continuou:
- Você é ainda muito novo e, portanto, sugiro-lhe que da próxima vez em que ouvir um novo boato por ai, o submeta ao crivo das Três Peneiras: VERDADE - BONDADE - NECESSIDADE antes de obedecer ao impulso de divulgá-lo a outrem. Ter bom senso ajuda sempre na vida.

PESSOAS MESQUINHAS FALAM SOBRE PESSOAS.

PESSOAS COMUNS FALAM SOBRE COISAS

PESSOAS INTELIGENTES FALAM SOBRE IDÉIAS


(Recebido num e-mail, sem indicação do autor )
M.A.

4 comentários:

Hanaé Pais disse...

Subscrevo integralmente.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Uma belíssima lição para reflectir durante o fds

Quica disse...

Uma boa lição, não há duvida.

M.A. disse...

Hanaé Pais, Carlos Barbosa de Oliveira e Quica:
Ainda bem que vieram até ao blog e encontraram leitura do vosso agrado. A intenção que preside a quem escolhe estes pequenos e espretenciosos apontamentos é, justamente, proporcionar momentos agradáveis a quem nos visita.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização