Como tudo começou

13/10/08

MÁQUINAS FOTOGRÁFICAS ANTIGAS

(Clique para ampliar)

Na sequência das investigações que desenvolveu em 1822-1825, o francês Nicéphore Nièpce deu um passo crucial para a descoberta da fotografia, conseguindo revelar uma imagem anteriormente impressionada numa chapa de cobre inserida numa câmara escura. Mais tarde o seu sobrinho Nièpce de Saint-Victor aperfeiçoou as invenções do tio e tornou-se um notável fotógrafo, obtendo imagens de uma pureza inexcedível. Mas, para isso, utilizava aparelhagem que pesava quilos e tempos de exposição intermináveis.
150 anos depois as máquinas fotográficas são instrumentos práticos de manejo rápido e simples, dotados de tecnologia da era espacial.
E o fotógrafo não precisa que o tema ou o modelo fiquem imóveis e tira instantâneos sob quaisquer condições de luz. Ao longo deste percurso adoptaram-se variadíssimas inovações que deram origem a sucessivas gerações de máquinas fotográficas, tornando as mais antigas obsoletas. Idealizaram-se também muitos modelos, alguns com enorme sucesso, sobretudo entre as portáteis utilizadas por profissionais e amadores, como os “caixotes”, as “de fole”, as “reflex” e as do tipo “Leica” que hoje fazem as delícias dos coleccionadores como Manuel Paula.
Entre a mais de meia centena de peças da sua colecção, “começada com uma Agfa do meu avô”, encontram-se aparelhos que datam desde o final do século XIX até ao post-guerra, todos em condições de funcionar. Este tipo de coleccionismo “tornou-se quase uma moda e já não é tão fácil aumentar a colecção”.
















“Para se fazer uma colecção como deve ser é preciso investigar e proceder a uma sistematização, que até dá prazer. Embora o melhor sejam as tertúlias que se criam entre os coleccionadores do mesmo tema, pois, muitas vezes são pessoas com grandes afinidades culturais, apesar de todos reconhecerem que os outros são, simultaneamente, os melhores amigos, com quem se é franco, aberto e generoso, e os maiores inimigos, porque disputam as mesmas peças e se se revelam todos os segredos pode perder-se um filão.”


Vemos nas fotos alguns dos exemplares mais “fotogénicos” da colecção de Manuel Paula, incluindo exemplares de madeira e metalizados, com e sem fole, desde modelos de bolso a modelos “de campo”, de origem francesa, americana, alemã e inglesa, fabricados nos fins do século XIX e princípios do século XX.

(Excerto de um artigo e fotos da revista do Club do Coleccionador)

M.A.




15 comentários:

mjf disse...

Olá!
Imagens longinquas mas belas!!!
O meu pai ainda tem uma máquina tipo essas. com estojo em pele e tudo...
Linda e ainda funciona

Beijocas
Boa semana paa ti

Pepper disse...

Tenho uma colega que o avô dela era realizador e ainda tem lá uma máquina bem velhinha em casa.
:)

Bjinhos

Fatima disse...

Tenho uma máquina destas muito antigas lá em casa.
Sabem quem tem também? A Raquel daqui:
http://www.ntheias.com/

EmmaTheias disse...

Ah pois tenho, e brinquedos de imagem em movimento também.
O meu padrinho, esse sim, tem uma enorme colecção de máquinas fotográficas todas em funcionamento, as que continua a comprar e por algum motivo não fotografam... ele desmonta-as e concerta-as, com toda a paciência que só ele tem! Um dia irei fotografar o seu pequeno (grande) museu!

Vitor Lopes disse...

Gostei deste artigo, pela simples razão de ser o meu hoby a fotografia.

Joseane Rosa disse...

Olá sou estudante de Jornalismo da Universidade Federal da Bahia, estou fazendo uma reportagem sobre tecnologias antigas, gostaria que contribuísse para minha pesquisa enviando para meu email (anejorosa@gmail.com) informações ou contatos que você tenha, e que trate sobre esse assunto. Obrigada.

k@@zinh@@ disse...

ah.....eu tbm axei bm lega os modelos de maquinas antigas e é raridade ver uma dessas aki em curitiba.

vera rocha disse...

Eu tenho máqinas de fotografar mais antigas, nos modelos FULAICA Royal 30, TRIP 100 Olympus, TRON auto Flash, e TRON big view BV-90, e gostaria de vender...teria uma solução para realização destas vendas?? email - weronika-rochabol.com.br

Camila Coutinho disse...

Vendo Maquinas Fotograficas antigas Praktica MTL3 e Yashica FX-D, interessados envie e-mail para camilacpcavalheiro@yahoo.com.br

Antônio disse...

vendo uma maquina fotográfica muito antiga meados de 1950.(start_B)
interessados entrar em contato pelo e-mail: aficao@ Yahoo.com.br

Fernando Pires disse...

Olá , eu tenho uma maquina antiga, gostava de vender pois não quero que se estrague.. poderia me ajudar , dizer-me onde a poderei vender ou se poderão ficar com ela?

informações da maquina:
Marca - Six-16 Kodak
Made in USA by Eastman Kodak Co. Rochester N. Y.

Fernando Pires disse...

pode enviar mail para :
- anapaulacorreiapires@hotmail.com

mail da minha esposa

andré disse...

Boa tarde,

Gostava de saber se alguém tem conhecimento de alguém que me possa avaliar umas máquinas fotográficas antigas.

o meu e-mail é o andregeraldes@gmail.com
obrigado

Paulo Magalhães disse...

Tenho uma máquina fotográfica de fole com a bonita idade de + ou - 58 anos adquirida na Índia de marca Zeiss Ikon Ikonta com estojo de cabedal e fita para colocar ao ombro original. estou interessado em vendê-la se existir alguém interessado agradeço contacto através do email : antpamaga@gamil.com
Obrigado.

Unknown disse...

Hum, legal agora eu acho que so faltava vc colocar o nome das méquinas, iria ficar mais completo ;)

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização