Como tudo começou

19/11/12

GLADYS INGLES, UMA MULHER DESTEMIDA




 Hoje, trazemos um vídeo feito em 1920 que, muito embora não tendo uma grande qualidade de imagem vale pela curiosidade de mostrar, uma manobra um tanto arriscada, executada por uma mulher.
Nesta época, existia na América um show  de acrobacias aéreas, executado  por uma equipe denominada “Black Cats”, que tinha a particularidade de ser já constituída por elementos dos dois sexos. Quero lembrar que até 1920, também na América, as mulheres estiveram proibidas de exercer o seu direito de voto, portanto, julgamos fazer mesmo sentido destacar o que se mostra neste vídeo.
video

Nele  aparece a jóvem  Gladys Ingles, na altura com cerca de 20 anos de idade, fazendo a colocação de uma roda num avião, em pleno voo, portanto com o motor em funcionamento.
Ela passa do avião de resgate para um outro, que terá perdido uma das rodas do trem de aterragem,  transportando já às costas a roda sobressalente. De notar que vai ficar colocada a curta distância do hélice e que não leva consigo nenhum  pára-quedas.
Quando procurava, na Net,  informação sobre esta mulher deparei com o comentário de um seu sobrinho neto que disse conhecer a actividade da sua antepassada e ter até fotos suas mas haver sido surpreendido com este filme que não sabia existir. Acrescentou ainda  que a sua tia-avó falecera em 1981 aos  82 anos de idade.
Aqui fica mais um testemunho de uma mulher pioneira e destemida.
M.A.
(Vídeo enviado por um amigo e informação tirada da Net)

2 comentários:

Anónimo disse...

As mulheres. Sempre as mulheres na linha da frente, em tudo!

Obrigada por este post.

Bjs

Fatima Camilo

Quica disse...


Em 1920, uma mulher fazer aquelas acrobacias, é de ficarmos espantados.

Como sempre as nossas gestoras do Blog da Cultura, premeiam-nos com posts inéditos.

Um obrigada à MA e FC

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização