Como tudo começou

19/01/09

Poesia Incompleta

Three Books, Vincent Van Gogh, Paris, March-April, 1887. Amsterdam, Van Gogh Museum.


Nasceu há um mês e meio no número 11 da Rua Cecílio de Sousa, chama-se Poesia Incompleta, é um livraria diferente: da sua porta para dentro só há poetas. E todos eles com direito a nome próprio.

Com mais rigor: entrando, percorrendo com o olhar as estantes nas duas salas de que a livraria para já dispõe, não se procure, por exemplo, um livro de Sena na sequência S. O livro, se o houver, há-de estar em J, de Jorge, Jorge de Sena. E Gedeão em A, de António, e Camões em L, de Luís, e Pessoa, em F, de Fernando. E assim por diante.

Nenhum engano, e nada de extraordinário. O proprietário e único empregado da livraria, Mário Guerra, Changuito para amigos e clientes, sabe bem as regras de organizar uma biblioteca
mais...

Poesia Incompleta

Rua Cecílio de Sousa, 11, Lisboa Segunda a sábado, das 10 às 19.45 mail: poesia.incompleta@gmail.com Tel:00 351 96 000 53 60

Algures entre o bairro alto e rato (veja aqui o mapa)

3 comentários:

Goldfinger disse...

Não sei quando irei a Lisboa com tempo e calma para passear. Nem sequer ainda tive tempo de visitar quem queria.
Um dia destes, agarro no meu pessoal e assento arraiais pela Capital e então sim, poderei rever os locais que trago na ideia.
Esta Livraria será interessante de visitar, pelo menos pela curiosidade porque poesia não é o meu forte.
Uma boa semana
GOLDFINGER

M.A. disse...

É um risco bastante grande, quanto a mim, alguém aventurar-se a abrir uma livraria com livros só de poetas. Desejo uma longa vida e na primeira oportunidade lá estarei a visitá-la.

Quica disse...

Adoro poesia, MA, aguçou-me a curiosidade.
Vou agendar o dia para visitar essa livraria.
Sempre que percorro esses espaços, procuro livros de poesia.

Sociedade de Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense

Localização

Localização
Localização